Este blog surge da necessidade de participar e assistir a eventos de sobre desporto, ultrapassando as dificuldades actuais e gerais em termos económicos, continuando da forma mais barata possível a ver e sentir o desporto local, regional, nacional e internacional.

 

CULTURA | SEMPRE | TODO O ANO

 

Follow

 

Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2017

Mas raio é a Via Algarvina?

"Um projeto estruturante para o interior Algarvio"

 

Projeto

 

O que é a Via algarviana?

É um projecto nascido em 1995, fruto da troca de ideias e da conjugação de esforços entre a Associação Almargem e os Algarve Walkers, com o objectivo de implementar uma rota pedestre entre o Baixo Guadiana e o Cabo de S. Vicente, atravessando o interior do Algarve. Pretende ser um tipo de espinha–dorsal de percursos pedestres,com vista a complementar a oferta de acordo com os gostos e capacidades dos caminheiros.

 

Objectivos

A implementação da Via Algarviana pretende atingir vários objectivos relacionados com o Interior Algarvio, em vertentes como o turismo, desporto, conservação da natureza, desenvolvimento rural, valorização do patrimonio cultural, etc. De uma forma geral, pretende-se:

  • Potenciar a prática do pedestrianismo e outras formas de ecoturismo na região Algarvia;
  • Contribuir para a diversificação da oferta turística da região e para o combate à sazonalidade;
  • Promover a divulgação e valorização do património cultural e ambiental da região;
  • Contribuir para a consolidação de pequenas iniciativas económicas existentes na região, bem como para a criação de outras em torno da Via Algarviana;
  • Contribuir para o atenuar do fenómeno de desertificação no interior do Algarve e melhorar a qualidade de vida das populações serranas
  • Promover o desenvolvimento sustentado do interior do Algarve.

 

 

Percurso

 

A Via Algarviana é uma Grande Rota Pedestre (GR13) que liga Alcoutim ao Cabo de S. Vicente, com uma extensão de 300km, na sua maioria instalados na Serra Algarvia. Pretende-se que venha a fazer parte das Rotas Trans-Europeias, ligando-se ao E4 e ao E9.

O itinerário atravessa 11  concelhos do Algarve (Alcoutim, Aljezur,Castro Marim, Tavira, S. Brás de Alportel, Loulé, Silves, Monchique, Lagos, Portimão e  Vila do Bispo) e cerca de 21 freguesias, sendo que em 2 dos concelhos apenas estão previstas, para já, ligações ao itinerário principal . Em cada freguesia, houve a preocupação de aproximar a via dos locais de maior interesse natural e cultural, bem como de serviços de alojamento e restauração, incluindo empreendimentos de Turismo Rural, aldeias típicas do interior algarvio, etc.

 

Via Algarviana - Grande Rota / Long Distance PathVia Algarviana – Grande Rota

 

Para além do seu valor intrínseco, a Via Algarviana pode ser considerada a “espinha-dorsal” de uma rede de percursos pedestres no Algarve, que a complementam e lhe criam diversas alternativas, ao sabor dos gostos e das capacidades dos caminhantes. Neste sentido, todos os percursos que cruzam com o traçado da Via Algarviana são divulgados e identificados no terreno, bem como aqueles que se liguem a esta.

O percurso será segmentado em troços até 30km, que possuem uma ficha interpretativa e de informação disponível no site. Pretende-se divulgar tudo que esteja relacionado com o patrimonio natural e cultural, bem como os alojamentos, restaurantes e serviços de apoio.

 

Guia Informativo / Guide [PDF]

 

 

Modalidade BTT

 

A Via Algarviana é ciclável em mais de 90%, dependendo das capacidades dos ciclistas, esta pode ser percorrida na sua globalidade em poucos dias, no entanto recomenda-se efetuar o percurso no mínimo em cinco dias. No geral, este percurso é bastante exigente em termos físicos e em termos técnicos, pelo que quem o desejar percorrer na modalidade BTT deverá ter uma boa preparação física.

Apesar do percurso se encontrar todo sinalizado, aconselha-se aos praticantes desta modalidade utilizar GPS e descarregar as coordenadas existentes no website. Abaixo será apresentado o planeamento do trajeto em 5 dias, com as respetivas fichas técnicas, salienta-se que todas as caraterísticas são apresentadas no sentido recomendado, desde Alcoutim ao Cabo de São Vicente, pelo que deverá ter em conta o acumulado de subida e descida pois caso decida efetuar o trajeto no sentido inverso ao recomendado não se esqueça que o valor destes fatores inverte-se, assim a dificuldade dos setores por vezes varia consoante o sentido em que se realiza.

Aconselha-se a que leia com atenção as descrições dos setores que se encontram no separador da modalidade pedestre, pois assim poderá planear melhor a sua viagem! Apesar da sua exigência, vale a pena percorrer a Via Algarviana em BTT, este é sem dúvida um desafio que o marcará!

 

 

Contactos

 

Associação Almargem – Projecto Via Algarviana

Sede: Rua de S. Domingos Nº 65 . 8100-536 Loulé

Morada Postal: Apartado 251 . 8100 Loulé

Telefone +351 289 412 959

Fax +351 289 414 104

http://www.viaalgarviana.org

 

IN: www.viaalgarviana.org

 

 


publicado por gruponet às 13:30
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.passa a palavra

Tens conhecimento de algum evento desportivo que queiras partilhar? Envia um email para: gruponet @ sapo.pt

.participar

. participe neste blog

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Há passeios de bicicleta ...

. Caminhada pela Diabetes |...

. 18 novembro | Prova da Ca...

.arquivos

.mais sobre mim

 

subscrever feeds

 

. receba Posts por email:

distribuído por FeedBurner

.links

RSS Feed Widget
Tempo Lisboa