Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sportALL

Desporto para Todos!

sportALL

Desporto para Todos!

Exposição jogos tradicionais, Memórias Lúdicas: Coleção de Constança Brás no antigo edifício do Atlético

Exposição “Jogos tradicionais, memórias lúdicas': Coleção de Constança Brás no antigo edifício do Atlético

 

Integrada no Programa Loulé, Cidade Europeia do Desporto 2015

 

No ano em que Loulé é Cidade Europeia do Desporto, a Câmara Municipal de Loulé apresenta “Jogos tradicionais, memórias lúdicas", a exposição que pode ser visitada entre 30 de janeiro e 25 de abril, no edifício do antigo Atlético em Loulé.

 

Comissariada por Constança Lago Brás, a exposição apresenta uma mostra de jogos tradicionais da sua coleção particular, recolhida ao longo de mais de 20 anos, essencialmente no Algarve e em Goa.

 

Esta mostra de jogos pretende sublinhar a importância de transmitir a herança cultural e, segundo a autora, “dar aos mais velhos o poder de mestres depositários do saber, relembrando as memórias lúdicas que, se não forem registadas, poderão levar a perda da nossa identidade”.

 

Para Constança Lago Brás, etnóloga e doutorada em Ciências Sociais e Humanas, esta exposição é também uma espécie de homenagem a todas as crianças desfavorecidas, de muitas partes do mundo que, como a própria presenciou, “não têm tempo para brincar porque começam a trabalhar desde muito novas”. Esta mostra de jogos pretende, ainda, apelar para os direitos das crianças: “nunca é demais chamar a atenção para a relevância de brincar, jogar, na idade própria”.

 

É ainda de referir que aos jogos tradicionais associam-se memórias lúdicas, mas muitos dos jogos presentes contribuem para aprendizagem mais sólida da atividade desportiva, contribuindo para a consciencialização do corpo, enquanto instrumento de interação com o mundo exterior.

 

Ao visitar esta mostra de jogos lembremos as palavras de Pablo Neruda ao dizer que “a criança que não brinca, não é uma criança, mas o homem que não brinca perdeu para sempre a criança que vivia em si”.

 

A Exposição foi inaugurada na sexta-feira, 30 de janeiro, às 18h00, e pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 9h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30, e aos sábados, das 9h30 às 16h00. A entrada é livre.

 

De referir que decorrerão visitas orientadas à exposição asseguradas pela Comissária Constança Lago Brás e pelos Serviços Educativos do Museu de Loulé. Marcações através do telefone 289400611 ou email serviços.educativos@cm-loule.pt

 

IN: www.cm-loule.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.